REFLEXÃO DO DIA

08-12-2021 00:01

8 DEZEMBRO - Reflexão do Dia

 

Vemos frequentemente pessoas em Jogadores Anónimos – que com aparente devoção e sinceridade – pedem a orientação de Deus em muitos assuntos, que vão desde as maiores crises pessoais, até questões insignificantes, como aquilo que devem servir ao jantar. Embora possam ser bem-intencionadas, essas pessoas tendem a seguir as suas próprias decisões em todos os tipos de situações, sob o conforto de sentir que estão a seguir orientações específicas indicadas por Deus. De facto, este tipo de prece serve apenas para cumprir os propósitos da própria pessoa que exige “respostas” de Deus; tendo muito pouco a ver com o que é sugerido no Décimo-Primeiro Passo do Programa de Jogadores Anónimos.

Tento frequentemente estudar cada um dos Passos e praticá-los em todos as minhas atividades?

                                                                                               Hoje eu peço:

Que eu não cometa o erro comum de enumerar as minhas próprias soluções, apresentando-as a Deus para depois pedir-Lhe o seu carimbo de aprovação Divina. Que eu possa estar ciente dos momentos em que não tenho a mente aberta para receber a orientação de Deus, mas simplesmente apresente as minhas próprias respostas perguntando-Lhe “o que é que o Senhor acha disso?”

                                                                                           Hoje vou lembrar-me:

 

                                                       Continuo à procura do carimbo de aprovação de Deus?

                         

 

Admiti com a maior honestidade interior que sou verdadeiramente impotente perante a minha compulsão de jogar?
Hoje eu peço:
Que o Primeiro Passo não seja frouxamente assimilado por mim, mas que seja uma aceitação completa da minha impotência perante o jogo. Que eu me livre deste primeiro sintoma — a negação — que me impede de reconhecer qualquer outro sintoma da minha doença.